terça-feira, 19 de maio de 2009

Dream*

Marcos Moreno - "Bebe del Desierto"

Sonhos!
Alguns movem a vida, senão todos. Outros controlam-na, absorvem-na por completo.
Sonhar é essencial, talvez indispensável. Como seria a vida sem sonhos? Nem quero imaginar...
São como o capuz deste petiz: dão cor, protecção, aconchego, permite olhar o mundo com um brilho tão puro que a água cristalina se sente ameaçada.
Por vezes é tudo o resta para algumas crianças, o sonho. Foi a única herança recebida no ventre materno, e, porventura não será esta muito mais produtiva que os bens materiais?
Qui ça? Só Deus, disso não tenho dúvidas.

Ana Mokarzel - "Aconchego"
Quão fúteis por vezes somos? Egoístas que olham apenas para o umbigo da sua barriga farta. Esquecemos o nosso propósito de estar aqui e agora, esquecemos os valores e a longa caminhada por um objectivo realmente valioso.
Ser criança é conseguir dar valor ao que realmente importa. É voar apesar de continuar agarrado ao solo, é quebrar leis da gravidade e da física e conseguir ser e estar onde o sonho o leve. É acreditar e ter uma fé incondicional, que quantas das vezes impulsiona os sábios a não desistirem das suas lutas diárias, relembram aos adultos tudo o que a preciosidade da vida precisa.
Deus dá ao mundo a cada segundo pérolas preciosas. Tão raras que não existem duas iguais. Tão singulares que independentemente da língua ou cor da pele, conseguem cativar tudo e todos apenas num segundo, somente com uma troca de olhares.
É nos olhos destas crianças, pérolas a nós entregues para cuidarmos religiosamente com amor e carinho, que encontramos o néctar dos sonhos e a origem de toda a esperança do futuro.
Não esqueçamos o que fomos. Não ignoremos os que são e todas aquelas que a todo o momento chegarão.
Muitas sofrem! Muitas morrem! Muitas nem o chegam a ser.
Porque NÓS muitas vezes esquecemos que elas existem e não fazemos nada para mudar essa dura realidade.
Não vamos desistir porque "são muitas" mas sim lutar para salvar outras tantas!!!!

1 comentário:

framboesa disse...

Olá!
Esse post era bom para ser mostrado depois da noticia que passou no telejornal ontem e hoje. Refiro-me a noticia da menina que depois de 4 anos com a familia que a educou, que partilhou com ela os seus primeiros anos de vida, a familia com quem ela estabeleceu os laços mais fortes que se estabelecem nessa idade da vida é, por decisão tribunal, retirada à familia e entregue à sua mãe biológica! Assim, de um momento para o outro as pessoas esquecem-se que as crianças sao seres importantes, em crescimento que já tem uma vida e que se deve dar valor a essa vida, e decidem retirar de um meio e inserir noutro completamente diferente...com regras com uma lingua etc etc diferente. Claro que sabem o que estão a fazer, dizem eles, atá ja tem uma equipa de psicologos prontos para ajudar a crinça...pensam eles k isso já é suficiente!
Sim, é preciso dar esse valor às crianças, é preciso ve-las como uma ser com vida tal como um adulto e n escolher as coisas dizendo que é para o bem futuro dela..quando o que importa é viver o presente!

(Desculpa o ser intrusa e o comentário, mas não resisti!)
*